Objectivos do Desenvolvimento Sustentável –#4 Educação de Qualidade



Nos últimos posts abordámos os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). No

primeiro (link), analisámos a sua divisão em sub-objectivos, mensuráveis e com um alcance temporal definido (iniciaram-se em 2015 e terminam em 2030).


No segundo (link), abordámos o ODS 3 “Saúde de Qualidade”, explicando os seus principais objectivos, o impacto da pandemia (que motivou fortes retrocessos), e enfatizámos que, na SpeechCare, acreditamos que cidadãos e empresas, de qualquer dimensão, devem procurar incluir os ODS na sua organização porque, entre outras vantagens, ajudam a definir estratégias e parcerias com futuro.


Hoje, debatemos o segundo ODS que norteia a nossa actividade: #4 Educação de qualidade. A SpeechCare é uma empresa que trabalha no cruzamento entre as áreas de Saúde e Educação. Em primeiro lugar, porque as nossas actividades de terapia da fala são desenvolvidas em clínica e em estabelecimentos pré-escolares e escolares. Em segundo, porque a intervenção precoce em terapia da fala, nos alunos em que se detectam atempadamente as dificuldades, tem um impacto crucial na aquisição de competências fundamentais necessárias para uma boa aprendizagem da leitura e escrita, do seu sucesso académico e, claro, do seu bem-estar e das suas famílias.

Garantir uma educação de qualidade e inclusiva a todas as crianças é um objectivo

fundamental dos 26 profissionais que compõem a nossa equipa.


O ODS 4 é composto por vários sub-objectivos, que, mais uma vez, se podem encontrar no site do Centro Regional de Informação para a Europa Ocidental das Nações Unidas, como por exemplo:


- “eliminar as disparidades de género na educação e garantir a igualdade de acesso a todos os níveis de educação e formação profissional para os mais vulneráveis”;


- “aumentar substancialmente o contingente de professores qualificados (...) especialmente os países menos desenvolvidos”;


- “garantir que todas as meninas e meninos completam o ensino primário e secundário que deve ser de acesso livre, equitativo e de qualidade”;


- ou, particularmente relevante para a SpeechCare, como referido acima, “garantir que

todos as meninas e meninos tenham acesso a um desenvolvimento de qualidade na

primeira fase da infância, bem como cuidados e educação pré-escolar, de modo que

estejam preparados para o ensino primário”.


No entanto, tal como aconteceu com outros ODS, a pandemia do COVID-19 teve um

impacto negativo muito forte, levando a um retrocesso na evolução que se verificava até

2019. Neste curto vídeo analisam-se as dificuldades criadas pelo Covid-19 na área da

educação e como só um esforço global generalizado, de líderes políticos e sociedade civil, pode ajudar a recuperar o tempo perdido e a chegar a 2030 cumprindo todas as metas propostas. Para informações mais pormenorizadas sobre o estado de cumprimento dos ODS (incluindo o impacto altamente gravoso da pandemia) pode consultar o Relatório de Progresso, produzido pela ONU em 2021.

39 visualizações0 comentário