top of page

Sugestão de Leitura com estratégias de estimulação da linguagem



A Beatriz é uma menina que anda sempre cansada e não sabe porquê. Afinal, não faz nada diferente dos outros meninos e meninas... pensa ela. Ao longo da história, vai descobrir a razão de tanto cansaço: é que a Beatriz não sabe respirar pelo nariz!

Com a ajuda do Igor, um dragão que é o seu melhor amigo, e de pessoas maravilhosas que encontra durante a narrativa, a Beatriz vai perceber a importância da respiração nasal e começa a libertar-se desse cansaço.


Este livro é um recurso útil e divertido para consciencializar, crianças e adultos, da importância do nariz para a nossa qualidade de vida. Que o diga, a Beatriz!


A Terapeuta da Fala, Viviana Riscado, tem algumas recomendações, que potenciam uma boa dinâmica de leitura e uma melhor e mais abrangente compreensão da história, assim como estimulação da linguagem:


1) No decorrer da leitura, faça as seguintes perguntas aos seus pequenos ouvintes: “Quem?”, “O quê?”, “Onde?”, “Quando?” e “Porquê?”.


Dessa forma, promoverá uma melhor e mais abrangente compreensão da história.

Pode, por exemplo, pegar em alguns aspectos da história e transformá-los nestas questões: “A Beatriz e as suas amigas, Maria e Leonor, correm para o parque onde adoram saltar à corda e descer no escorrega”; “Quem é que adora saltar à corda e descer no escorrega?”; “O que é que as meninas adoram fazer?”, “Onde é que as meninas estão a saltar à corda?”


2) Durante a história pode escolher frases simples (até 5/6 palavras), pedindo à criança para contar o número de palavras ouvidas (recorrendo, por exemplo, aos dedos das mãos);


3) No final da narrativa, peça à criança para dar a sua opinião e para descrever aquilo que ouviu ou que mais gostou. Este é um livro da editora Papa-Letras (www.papa-letras.pt), da autoria de Isabel Couto e Ricardo Santos.

Acompanhe o nosso blog que, neste Verão, inclui conselhos sobre bons livros e estratégias de estimulação da linguagem e... da imaginação!


Boas leituras!

15 visualizações0 comentário
bottom of page