Objectivos do Desenvolvimento Sustentável – O que são e para que servem?



Já todos ouvimos falar dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). No entanto, será que sabemos exactamente o que são e para o que servem?


Este é o primeiro de três posts, onde, aqui na SpeechCare, vamos começar por explicar o que são os ODS e, depois, nos centraremos naqueles objectivos que estão mais relacionados com o nosso trabalho e que se focam na Saúde e na Educação.

Os ODS são caracterizados pelas Nações Unidas como uma “visão comum para a

Humanidade”, como “um contrato entre os líderes mundiais e os povos”, em que todos se comprometem a cumprir com uma lista das coisas a fazer em nome dos povos e do

planeta”. Os ODS são os sucessores dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (2000-2015) e o seu horizonte de implementação, que teve início precisamente em 2015, terminará em 2030.


No total há 17 ODS, que vão desde o #1 “Erradicar a Pobreza”, passam pelo #13 “Acção

Climática” e terminam num mais geral, o #17, “Parcerias para a Implementação dos

Objectivos”. Todos os ODS estão divididos em sub-objectivos, com métricas concretas de implementação, para que, durante este caminho até 2030, seja possível ir medindo o grau de sucesso e adaptando as estratégias de intervenção. Como Peter Drucker afirmou, “o que não se mede, não se pode melhorar”.


Por exemplo, no que diz respeito ao #1, de erradicação da pobreza, as Nações Unidas,

através do seu Centro Regional de Informação para a Europa Ocidental, aponta os seguintes sub-objectivos e respectivas métricas:


- “Até 2030, erradicar a pobreza extrema em todos os lugares, atualmente medida

como pessoas que vivem com menos de 1,25 dólares por dia.

- Até 2030, reduzir pelo menos para metade a proporção de homens, mulheres e

crianças, de todas as idades, que vivem na pobreza, em todas as suas dimensões,

de acordo com as definições nacionais. 

- Implementar, a nível nacional, medidas e sistemas de proteção social adequados,

para todos, incluindo escalões, e até 2030 atingir uma cobertura substancial dos

mais pobres e vulneráveis.”


Nos próximos artigos vamos focar-nos nos ODS #3 “Saúde de Qualidade” e #4 “Educação de Qualidade”, abordando, de que forma procuramos, na SpeechCare, integrar estes objetivos na nossa prática diária e na nossa visão de médio-longo prazo.

0 visualização0 comentário