• SpeechCare

Inclusão das creches no sistema educativo? Iniciativa em discussão, que merece apoio da SpeechCare




Numa iniciativa da Associação de Profissionais de Educação de Infância (APEI), a petição "Inclusão dos 0-3 anos no sistema educativo - Alteração da Lei de Bases do Sistema Educativo", foi entregue na Assembleia da República (AR), no dia 15 de Março, contando com mais de 14 mil pessoas.


A petição solicita "a inclusão da educação dos 0 – 3 anos no sistema educativo", através da "alteração da Lei de Bases do Sistema Educativo". Entre os subscritores estão algumas das mais relevantes personalidades com impacto na qualidade do sistema educativo em Portugal, como ex-Ministros da Educação ou Justiça, membros das Fundações Gulbenkian, Aga Khan, Presidentes de associações ligadas ao sector ou Docentes de Universidades de relevo, tanto públicas como privadas. Esta iniciativa será discutida numa sessão plenária da AR.


No artigo "Creche e ajuda a Crescer", publicado na Revista do semanário Expresso e cuja leitura aconselhamos (edição de 26 de Março, páginas 7-9), o jornalista Tiago Soares entrevista Luís Ribeiro - presidente da APEI e mobilizador da referida petição - e outros profissionais, e faz o levantamento de dados da maior relevância para os profissionais educativos e de saúde, dos quais salientamos:


  • "A ciência tem demonstrado que é nos primeiros oito anos de vida que construímos a nossa base enquanto ser humano, logo as experiências nessa fase inicial são essenciais" - Luís Ribeiro, APEI;

  • "Portugal é o segundo país da União Europeia onde uma maior percentagem de crianças até aos três anos passa pelo menos 30 horas semanais numa creche" - dados do Eurostat de 2018 (ver gráfico);

*Retirado de artigo "Creche e ajuda a Crescer" (supracitado)

  • "Vários estudos têm demonstrado que a frequência de creches de elevada qualidade pode ter efeitos positivos no desenvolvimento das crianças - a curto e a longo prazo - a nível social cognitivo e de linguagem" - Sílvia Barros, Professora na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto;

  • "[A]s creches funcionam" como um 'factor protector' para as crianças oriundas de "contextos familiares socialmente mais desfavorecidos ou menos estimulantes" - Manuela Pessanha, Centro de Investigação e Inovação em Educação (InED).


Nesse âmbito, o artigo chama também a atenção do impacto potencialmente muito grave para as crianças da falta de interacções sociais durante a pandemia, sobretudo para "as crianças provenientes de famílias com níveis mais baixos de qualificação [infelizmente, uma grande parte das famílias portuguesas]". Segundo Luís Reis, no pós-pandemia devemos ter o cuidado de "proporcionar às crianças as experiências e interacções que não tiveram durante esse período".


Nos 12 anos de actividade do projecto SpeechCare Schools, os nossos terapeutas comprovam diariamente a importância fundamental que as creches e jardins de infância têm no desenvolvimento da fala, linguagem e comunicação das crianças. A SpeechCare apoia esta iniciativa, saudando o trabalho mobilizador da APEI

41 visualizações0 comentário